Equipe de pesquisa e inovação da Universidade de Swansea visita Ibict

fev 27 • Notícias • 638 Views • Comentários desativados em Equipe de pesquisa e inovação da Universidade de Swansea visita Ibict

Na quarta-feira (25), o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) recebeu a visita de dois professores da Universidade de Swansea, da Enterprise Europe Network (EEN)* do País de Gales, rede da qual o Ibict faz parte. Os professores Ceri Jones e Jan Nielsen, do Departamento de Pesquisa e Inovação da Universidade de Swansea, detalharam o trabalho realizado pela universidade e pela EEN no País de Gales, e falaram sobre as áreas prioritárias, como Serviços Financeiros, Alimentos e Agricultura, Construção, Turismo, e Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I).

Além dos pesquisadores e de integrantes do Ibict, o evento contou com a presença de Ludmila Carvalho, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Isabela Moori e Tatiana Farah, representantes do Serviço Nacional de Aprendizado Social da Indústria (Sesi), do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Elas apresentaram ações desenvolvidas pelas suas instituições na área de cooperação internacional, com foco especial em CT&I, inteligência empresarial e educação.

Durante o encontro, os pesquisadores conheceram algumas iniciativas realizadas pelo Ibict, como o site da Divisão de Relações Internacionais, o Mapa da Competência, e a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, a BDTD.

Cecília Leite Oliveira, diretora do Ibict, explicou que a visita dos professores contribui para a disseminação do trabalho do instituto em todo o mundo. “A reunião é mais um ato dentro do processo de internacionalização da atuação do Ibict. É uma oportunidade para mostrarmos o que tem sido feito na área e conhecer boas experiências de outros países e, dessa forma, acelerar o nosso crescimento, a disseminação de informações e a capacidade de inovar”.

Para o professor Paulo Egler, assessor de projetos do Ibict, “a reunião colaborou para a busca de instrumentos para a promoção da área de cooperação internacional do instituto e a troca de informações”. Como esclarece o professor, o intercâmbio de conhecimentos entre pesquisadores brasileiros e de todo o mundo é fundamental para a divulgação e maior compreensão de programas de cooperação, como o Horizonte 2020, desenvolvido pela União Europeia. “Nesse sentido, precisamos de instrumentos que provejam informações para a cooperação internacional em CT&I”, explicou.

“Queremos aprender mais com as experiências brasileiras. Temos muito a contribuir e pensar em experiências junto com o Ibict”, afirmou Jan Nielsen. Para o professor da Universidade de Swansea, no campo da cooperação internacional, a confiança é vital. “Há vários custos envolvidos para promover a cooperação entre países. Assim, se não há confiança e produção de conhecimentos conjuntos, apenas existirá gasto de dinheiro sem conteúdo”, acrescentou.

Sobre a EEN*

A Enterprise Europe Network (EEN) é uma rede única, composta por cerca de 600 organizações de apoio a empresas em mais de 50 países na União Europeia e fora dela. A Rede é dedicada a ajudar pequenas e médias empresas (PMEs) a aproveitarem ao máximo as oportunidades de negócios na UE.

Inaugurada em fevereiro de 2008 pela Comissão Europeia, a EEN é a maior rede na Europa que oferece experiência e serviços para empresas. A EEN é parte do Programa de Competitividade e Inovação da União Europeia (CIP). O novo Programa para a Competitividade de Empresas e Pequenas e Médias Empresas (COSME), que está em vigor desde 2014 e irá até 2020, garantirá a continuidade da Enterprise Europe Network, aproveitando os resultados e lições já aprendidas.

A CNI, o Ibict e o Senai assinaram, em 2013, um acordo com a Comissão Europeia que estabelece um consórcio entre as três instituições para integrarem a EEN. O consórcio, liderado pela CNI, constitui a ação denominada EEN-Brasil, responsável pela divulgação da rede no país e atuação junto às PMEs para promover os serviços da rede e auxiliar as parcerias internacionais nas suas diversas áreas de abrangência.

O papel do Ibict na Enterprise Europe Network é disseminar informações para a comunidade de pesquisa, desenvolvimento e inovação e divulgar oportunidades de cooperação internacional. Um papel mais específico é prestar orientações sobre fontes de financiamento à pesquisa, sobretudo informações do Programa Horizonte 2020. Para esse objetivo de divulgação/prestação de informação sobre o Horizon 2020, o mais importante é divulgar os editais lançados pelo programa, procurando, sempre que possível, analisá-los no sentido de identificar as oportunidades para as instituições brasileiras. Igualmente, também se pretende prestar informações sobre os procedimentos necessários para apresentação e formatação de propostas.

Fotos: Victor Almeida

Post Relacionados

Os comentrios esto fechados.

« »