Confap estimula intercâmbio com instituições de pesquisa internacionais

out 3 • Notícias • 323 Views • Comentários desativados em Confap estimula intercâmbio com instituições de pesquisa internacionais

Os novos programas de colaboração internacional em pesquisa que contam com a participação de instituições estaduais de apoio à pesquisa foram um dos temas discutidos no Fórum Nacional do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), realizado em Campina Grande (PB), na terça (30/10) e na quarta-feira (01/10).

O encontro reuniu representantes das fundações de amparo à pesquisa estaduais (FAPs) para discutir ações de incentivo à ciência, desenvolvimento e inovação nos estados.

“Temos trabalhado no aumento das relações exteriores por meio da celebração de acordos com grandes programas internacionais, como o Fundo Newton [do Reino Unido] e o da Fundação Bill e Melinda Gates [dos Estados Unidos]. Outros acordos estão por vir”, afirmou Sergio Gargioni, presidente do Confap, na abertura do evento.

No dia 23 de setembro, o Confap assinou um memorando de entendimento com academias científicas do Reino Unido: Royal Society, British Academy, Academy of Medical Sciences e Royal Academy of Engineering.

O acordo foi realizado no âmbito do Newton Fund – fundo do governo britânico de apoio à pesquisa em ciência e inovação, e terá contrapartida brasileira.

O Confap vai colaborar para a implementação do memorando. Cada FAP poderá firmar outros acordos bilaterais ou multilaterais, conforme necessidades regionais que possam ser atendidas mediante cooperação internacional.

Os participantes na iniciativa, incluindo a FAPESP, concordaram em estabelecer um programa com o objetivo de desenvolver uma comunidade de pesquisa bem treinada e estabelecer conexões de longo prazo entre pesquisadores do Reino Unido e do Brasil. A primeira chamada já foi lançada: www.fapesp.br/8952.

“A ideia é que, além da FAPESP, diversas outras FAPs existentes no país participem deste programa internacional de apoio à pesquisa”, disse José Arana Varela, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP.

“Quanto mais os estados investirem em ciência e tecnologia, melhor será a qualidade da ciência feita no país”, disse Varela.

Fonte: Agência FAPESP

Foto de capa: Conselho das FAPs reuniu-se em fórum, na Paraíba, para discutir ações de incentivo à ciência e à inovação (Crédito: Confap)

Post Relacionados

Os comentrios esto fechados.

« »